Últimas Notícias

Qual a importância de entender o seu Mindset antes de abrir seu negócio de Pilates

Olá tudo bem, aqui quem fala é o Felipe Scher, fisioterapeuta e empresário e hoje venho aqui estreando na página Pilates Magazine com um artigo que foge um pouco do habitual, meu foco ao longo dessas linhas é motivar você, que tirou dois minutos do seu dia para ler o que venho falar sobre a importância que tem em conhecer e entender suas crenças limitantes, o quanto elas são ariscadas quando não conhecidas bens e como podemos usar ao nosso favor esse conhecimento.

Antes de entramos nesse universo psicológico e sua influência em nossas vidas precisamos entender sobre o que se trata esse tal de mindset. Ao pé da letra significa mente configurada, configurações mentais, mapa da mente, enfim vários autores falam sobre o mindset, mas no fundo todos traduzem nosso mindset como sendo as crenças limitantes que criamos ao longo da vida que nos impedem, que nos limitam em almejar algo maior ou melhor.

Seguindo nesse pensamento uma história para exemplificar isso seria o fato de porque existem profissionais que crescem na profissão e outros não? Em algum dado momento essa pessoa que não consegue evoluir, que se sente presa, recebeu a informação de que o caminho que ela estava seguindo não daria certo, quantas vezes em nossa profissão não escutamos que trabalhar com educação física ou fisioterapia não daria dinheiro, que morreríamos de fome? Pois bem, esta ai instalado dentro da cabeça da gente uma crença limitante, um gatilho negativo ao qual nos limitará de maneira indireta de crescer profissionalmente, afinal de contas todas as vezes que pensarmos em escolher uma porta e evoluir, uma voz lá no fundo ira falar mais alto e acabaremos desistindo de investir, esse pensamento pode ser aplicado em diversos momentos de nossas vidas, onde as limitações acabam por influenciar o crescimento de cada profissional.

Tudo bem Felipe, e como esse tal de mindset pode influenciar no Pilates? Na maneira com a qual eu atendo meu cliente? Como essa história de crença limitante pode interferir em meu sonho de abrir meu próprio negócio?

Todas as vezes que alguém vem conversar comigo sobre a insegurança em trabalhar após realizar o curso de Pilates, pedindo dicas de exercícios e principalmente a receita do bolo para determinada patologia, tendo explicar que antes de pensarmos em trabalhar com o Pilates é preciso aumentar nossa crença, precisamos saber que dominamos aquela ferramenta mais do que nosso cliente, logo, não podemos nos limitar achando que não iremos conseguir. É preciso vencer o medo antes de planejar e organizar qualquer passo profissional.

É preciso entender que o mindset é algo muito importante dentro da gente, por se tratar de um gatilho limitante que possuímos, com conhecimento e sabedoria, é possível usufruir de seu efeito de maneira tal que ele possa auxiliar em nossas decisões.

Conhecendo nosso mindset e por assim dizer as crenças que limitam nossa evolução profissional, classifico o empreendedor que irá entrar no mercado de trabalho como três tipos:

  • Empreendedor Imediatista: Aquela pessoa que tem diversos sonhos e sai colocando todos eles em pratica sem entender as importâncias que o planejamento possui antes de tomar qualquer decisão, ele coloca a vontade de vencer na frente de tudo até mesmo das crenças limitantes que em determinado momento são de extrema importância em nossas vidas.
  • Empreendedor Long Long Time: Esse empreendedor é o que mais calcula, por mais que saiba qual é sua crença limitante sempre se deixa vencer pelo medo de arriscar, passando muito tempo planejando e acaba ficando a ver a vida passar sem modificar seu lugar na sociedade.
  • Empreendedor Sagaz: O mais equilibrado, que consegue controlar as doses de imediatismo e long time de sua vida, aquele que planeja, organiza e sabe a hora certa de aplicar uma ação no mercado, considero esse profissional o com maior evolução, pois, ele entende exatamente o que significa seu mindset, como essa crença pode ser usada ao seu favor para conquistar espaço, cliente e mercado.

E você como se classifica? Qual sua ideia de crenças limitantes? Você sabe usar elas ao seu favor, ou ainda se limita com medo de evoluir?

Não podemos ter medo de evoluir no meio de uma sociedade que constantemente está passando por modificações, é preciso entender que para crescer precisamos planejar e nos organizar, mas antes de mais nada nossos pensamentos devem estar alinhados com nossas decisões, se optarmos por crescer que seja visando sempre o céu, afinal de contas no mundo dos negócios não é permitido entrar pesando que já perdeu.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*